O IJF Veteran World Judo Championships 2017, em sua nona edição para judocas com mais de 30 anos, atraiu mais de 1.000 atletas em Olbia, Itália, entre os dias 29 de setembro - 3 de outubro e o Judô Carioca conquistou uma Medalha de Bronze com Ricardo Soares Almeida (M2 +100 kg), atleta da Academia Projeção/Equipe Ricardo Soares de Judô.

A Sardenha, a segunda maior ilha do Mar Mediterrâneo, deu às boas-vindas as nações para o evento de veteranos do “showpiece”, que é um festival de judô e é também, uma ocasião verdadeiramente única, onde o judô mostra que é mais do que um esporte.

 

Ricardo Almeida começou vencendo o italiano IANNONE Francesco, mas logo em seguida, foi superado por HESSE Sebastian (Germany).

Voltando na repescagem venceu KABAKOV Yaroslav (Russia), por yuko e na disputa pela Medalha de Bronze, derrotou LAMBERTUCCI Igor (Italy), por Ippon.

“Graças a Deus deu tudo certo no final, conquistei minha medalha de Bronze no Mundial de Veteranos, considerado por todos, um dos mais fortes realizados ate hoje.”

“No momento, ainda muito emocionado e grato pelos amigos, alunos que ficaram na torcida, minha família e em especial minha esposa @leilanelaure que esteve junto ao meu lado desde o inicio da preparação em janeiro, finais de semanas de praias, eventos enfim, obrigado meu amor.”

“Agradeço ao meu preparador físico que foi fundamental nessa conquista @ricardomoacir, o Louco do Falcão, @drfontenelle e @ewerton.oliveiras que me deixou no ponto de bala, a @inoxcrossfit @larinhabastos @fgilho @pedroivocosenza que me ajudaram na estrutura impecável do box, meu fisioterapeuta Helmuth que fez semanalmente o alinhamento do chassi rsrsrs, meu ortopedista Top Hebert.”

“Enfim a todos que me ajudaram a estar entre os melhores do mundo novamente.”

“GRATIDÃO A TODOS!” Palavras de Ricardo Almeida.

Jorge Mesquita Junior (M2 100 kg), atleta do Judô Clube Lara, foi superado logo na sua primeira luta por JAMALOV, Murodjon (UZB) e ficou fora das disputas por medalhas.

Álvaro Spindola (M1 81 kg), atleta do Judô Clube Oswaldo Simões, foi superado logo na sua primeira luta por FOREST, Luc (FRA) e ficou também, fora das disputas por medalhas.

Rogéria Aguiar (F4 78 kg), atleta do Jequiá Iate Clube, em sua categoria com três atletas, foi superada nas duas lutas que realizou, contra a brasileira PRADO, Carla e pela italiana FUSILLO, Fabiana.

Maria Gama (F6 70 kg), atleta da RBN Academia, em sua categoria também com três atletas, foi superada nas duas lutas que realizou, contra a americana HEMINGWAY, Tamarae pela italiana CALAMO, Aurora.

O Brasil conquistou 5 Medalhas de Ouro com CEZARIO, Cristian (M2 60 kg), DIAS, Vlamir (M3 66 kg), LUIZ, Edvaldo (M8 60 kg), PRADO, Carla (F4 78 kg) e DE OLIVEIRA, Rosangela (F5 63 kg).

As Medalhas de Prata foram quatro com os atletas BORGES, Leandro (M4 66 kg), HONDA, Sergio (M8 60 kg), OLIVEIRA, Fernanda (F3 78 kg) e SILVA, Rogeria (F4 +78 kg).

Os Medalhistas de Bronze foram dez atletas: MARTINS, Allyson (M1 66 kg), ALMEIDA, Ricardo (M2 +100 kg), ARAGAO, Glauber (M3 100 kg), PEREIRA, Bruno (M3 +100 kg), DAUD, Marcos (M4 100 kg), DELGADO, Jefferson (M5 90 kg), DELGADO, Jefferson (M6 66 kg), VELLOZA, João (M6 73 kg), VIEIRA, Walter (M6 100 kg) e GAITAN, Carlos (M8 81 kg).

A Italia ficou com a primeira colocação, conquistando 14 Medalhas de Ouro, 14 Medalhas de Prata e 16 Medalhas de Bronze. Na segunda colocação ficou a França com 13 Medalhas de Ouro, 21 Medalhas de Prata e 41 Medalhas de Bronze, deixando a Rússia na terceira colocação com 12 Medalhas de Ouro, 10 Medalhas de Prata e 14 Medalhas de Bronze.

O Brasil terminou a competição na quinta colocação entre 52 países participantes.

O JUDÔ CARIOCA parabeniza os Atletas que nos representaram no Campeonato Mundial de Veteranos 2017.

Destaque

ARTHUR-BARBOSA-2017.jpg

Parceiros

Banner